Gratidão

Existe muito para dizer sobre este tema, mas hoje introduzo apenas que a GRATIDÃO é um estado emocional que gera paz directamente a partir do nosso interior para o que nos rodeia. 

Para ti o que é a gratidão? 

Só por hoje sente-te grato por seres livre e te permitires fazer as tuas próprias escolhas?
Hoje sentes-te grato a algo ou alguém? 

“GRATIDÃO É A MEMÓRIA DO CORAÇÃO.” 

Esta frase é tão linda. Que sentido dás tu a esta frase tão conhecida? 

O lembrar e reconhecer acerca de alguma situação ou pessoa, estão intimamente ligados ao nosso coração como se houvesse um fio invisível imenso que nos permite estar conectados com o bem que nos trouxeram à nossa vida. 

Contudo, a memória do coração é apenas uma parte que compõe a verdadeira gratidão. 

A outra parte, não menos importante, é a própria conclusão sobre a completa e verdadeira gratidão. 

É insuficiente ter só a memória do coração, pois isso não faz sentido num mundo em tudo está interligado e onde ação é o “motor” da mudança. 

Acrescento a conclusão da verdadeira definição de gratidão –

GRATIDÃO É A ACÇÃO DE CORAÇÃO. 

Em questões de relações humanas, a ação de coração pode estar em gestos mais elaborados, assim como nas pequenas coisas que podem tornar a vida de quem te sentes grato um pouco melhor.
Naturalmente a pessoa a quem nos sentimos gratos quer o melhor para ti. 

Então que achas de dar o teu melhor de ti por aquela pessoa?
Que achas de retribuir a tua gratidão? 

O teu melhor pode passar por um acompanhamento para ajudares a pessoa a ultrapassar obstáculos (como possivelmente te ajudou a ti), pode passar por um simples telefonema ou quem sabe apenas um convite para tomar um café (como possivelmente fez contigo quando mais precisaste). 

GRATIDÃO é a MEMÓRIA, mas também A ACÇÃO DE CORAÇÃO. 

Vivemos uma espécie de ilusão de imortalidade – não fossem as nossas atitudes do dia a dia – uma inconsciência que nos remete para a desvalorização das coisas mais simples e mais valiosas da vida.
Cada minuto que passa, passou, não volta.
Cada instante passa, até que chega a morte…
Aí pensamos em tudo o que esperámos que acontecesse e não aconteceu, e também pensamos no que não agimos para que acontecesse…
É hora de despertar! De tomar consciência das pequenas coisas mais grandiosas e perceber que a vida que temos é única e que não temos nenhuma espécie de “reset”.
É um desgaste de vida vivermos as pequenas coisas mesquinhas, os pequenos e insignificantes detalhes que em nada contribuem para a nossa evolução. 

Já pensaste que daqui a 100 anos, ninguém que existe agora estará nesta vida, neste planeta, nesta dimensão?
O que fica é apenas o nosso resultado, a nossa obra, o nosso legado. 

No fundo a GRATIDÃO é o agradecimento aos nossos antecessores por tudo o que evoluíram para nós (MEMÓRIA DO CORAÇÃO) e a nossa contribuição para a evolução dos nossos sucessores (ACÇÃO DE CORAÇÃO). 

 No fundo a GRATIDÃO é isto, o agradecimento aos nossos antecessores por tudo o que evoluíram para nós (MEMÓRIA DO CORAÇÃO) e a nossa contribuição para a evolução dos nossos su

A gratidão é esta composição, esta coexistência,

A MEMÓRIA DO CORAÇÃO + A ACÇÃO DE CORAÇÃO. 

Aprecia a beleza da vida nas coisas e acções mais simples, pois é o maior valor que podes encontrar!
Agradece todos os dias a ti mesmo, aos outros e a este magnifico sistema inteligente que é a simplicidade da Natureza, que te permite a vida, a tua existência. 

GRATIDÃO nas pequenas coisas mais simples da vida. 

O que quer isso dizer? 

Tu paras para pensar nas pequenas coisas naturais integrantes da tua vida diária? 

Nós acordamos de manhã e conseguimos ver o sol raiar, conseguimos ouvir o chilrear dos pássaros, conseguimos falar com quem tomámos o pequeno-almoço, conseguimos caminhar até a um jardim, conseguimos pensar sobre o planeamento do nosso dia.
Nunca pensámos que estas pequenas coisas podem um dia não estar lá. 

Achamos que são coisas adquiridas e nem valorizamos. 

Já pensaste que um dia podes não ter alguma das funções motoras que a Natureza te deu? 

Reflecte agora mesmo sobre as dádivas que a Natureza te proporcionou. 

Consegues reconhecer que a Natureza te deu capacidades que te distinguires dos restantes seres vivos? 

Consegues ver a beleza e perfeição da Natureza reflectida em ti? 

E tu, o que tens agradecer à Natureza? 

Só por hoje sente-te grato por seres a criação mais bela da Natureza.

 

Pedro Gomes 

Coach de Vida (Coach profissional certificado Nº S495-2017PT) 

Pratitioner em PNL com especialização em foco terapêutico e emocional 

Desenvolvimento Pessoal, autoconhecimento, desenvolvimento de comunicação 

Facebook: Pedro Gomes 

Website: www.pedrogomescoach.wordpress.com 

Email: apedrogomesa@Outlook.pt