Parte 1

Relacionamentos – O verdadeiro desafio

Um dos maiores desafios do Ser Humano (se não o maior), consiste nos relacionamentos, pelo motivo de serem constantemente dinâmicos.
Entenda-se que relacionamento é a forma como as pessoas interagem, se tratam e se comunicam.

Existem dois tipos de relacionamentos. Os relacionamentos formais e os informais. Dentro dos formais temos os relacionamentos profissionais que são orientados por regulamentos. Dentro dos informais, temos, por exemplo os relacionamentos familiares, os conjugais, os amorosos, os de amizade, que devem ser orientados pelo bom senso e humanidade.
Para um bom relacionamento (seja ele qual for), existem diversos factores que influenciam de um modo directo e conciso a interacção entre as partes.

Eu defino 3 pilares base para qualquer tipo de relacionamento. São eles:

1-Respeito;
2-Comunicação;
3-Valores.

Irei falar sobre cada um deles, orientando especificamente para os relacionamentos conjugais/amorosos, com algumas dicas sobre cada um dos pilares, inclusive irei fornecer exercícios práticos para as partes envolvidas no relacionamento.
Recordo que irei especificar sobre relacionamentos conjugais/amorosos, mas o que irei falar serve para qualquer tipo de relacionamento.

HappyLiberation Day!(1)

1 – RESPEITO (Respeita (te))!

Todos sabemos que qualquer organismo vivo é dinâmico, pelo que qualquer relacionamento compreende da mesma maneira o dinamismo, pois um relacionamento é uma interacção viva.
Neste contexto, dinamismo refere-se a uma alteração do modo contínuo, ou seja uma mudança implicada pelo tempo, e aqui o tempo pode ser visto como um movimento.
A conjugação do tempo com o movimento leva a uma evolução. Uma evolução é um estado ou uma condição, podendo ser favorável ou desfavorável.
Ao direccionar o tema para os relacionamentos conjugais/amorosos, a evolução deve ser trabalhada diariamente, pois um só dia pode “insignificar” todo um percurso e alterar todo um destino pretendido.
Então, num qualquer relacionamento o respeito é primordial.

Deixo-te para reflexão as seguintes questões:
Afinal o que é o respeito?
Quais as nossas atitudes que conduzem a comportamentos de respeito pela outra parte?
Estamos a respeitar as pessoas com quem nos relacionamos?
Caso isso não esteja a acontecer, essa pessoa merece o desrespeito, como ser humano igual a nós?
Quero respeitar as pessoas com quem estou em falta?
Se não quero, para quê relacionar-me?
O que vou fazer para respeitar quem estou em falta?
O que faço diariamente para respeitar a outra parte? Como o faço?
O que faço eu para obter o respeito das pessoas com quem me relaciono?
Eu respeito-me?

 O respeito é um dos valores mais procurados pelo Ser Humano, no entanto muitas vezes o Ser Humano _esquece-se_ de o procurar dentro de si mesmo.

O respeito nada tem a ver com veneração!

O respeito nada tem a ver com submissão!

O respeito nada tem a ver com imposição!

O respeito nada tem a ver com obediência!

O respeito nada tem a ver com domínio!

O respeito nada tem a ver com medo!

O respeito nada tem a ver com temor!

Embora muitas pessoas possam usar estes termos para falar de respeito (ainda que de uma forma suavizada), esta forma de abordar e de ser, é uma forma de manipulação interessada no egocentrismo e no poder.
O respeito é um dos valores mais importantes e procurados pelo Ser Humano, no entanto muitas vezes o Ser Humano “esquece-se” de o procurar dentro de si mesmo.<
Respeito é uma atitude positiva em que resulta em um comportamento nas formas de apreço, consideração e trato por si mesmo e pelo outro.
O respeito é um sentimento intrínseco que se exterioriza em pleno com a assertividade aliada a cada acção que realizamos.
E o respeito passa por respeitar a outro, respeitando a ti mesmo, respeitar com amor, pois sem amor não há respeito.
E o amor é muito mais do que sabemos e do que vivemos. Descobrimo-lo a partir do momento em que desmanchamos conceitos limitados e passamos a senti-lo de forma livre e expandida, sem formatações impostas nem julgamentos.

(Continuação do artigo na parte 2)

 

Coach de Vida (Coach profissional certificado Nº S495-2017PT)

Programação Neurolinguística com foco terapêutico e emocional

Desenvolvimento Pessoal, autoconhecimento, desenvolvimento de comunicação

Facebook: Pedro Gomes

Website: www.pedrogomescoach.wordpress.com

Email: apedrogomesa@Outlook.pt